domingo, 11 de outubro de 2009

Y

Acabei de voltar dos Jogos Abertos, que foi realizado lá em São Caetano. Ficamos em 2º lugar mas fomos verdadeiros campeões por superarmos todos os perrengues. A rapaziada foi firmeza do inicio dos treinos até o abraço de despedida, hoje.
Esses dias de Jogos tiveram varios momentos emocionantes e um deles foi a despedida. Os marmanjões tudo com lagrimas nos olhos. Foram dias especia e de puro crescimento. Pura experiencia. Valeu. Medalha de prata com sabor de Ouro!!!

Mas nao foi dos Jogos que vim falar. Vim falar de uma coisa que me persegue ha muitos anos e está presente em todas nossas vidas. Vim falar das Bifurcações.

Varias vezes ja pensei em tatuar o Y em meu corpo, mas sempre lembro que ja o fiz. Foi um tatuagem mto simbolica pra mim, e que valeu muito a pena.
Assim que eu fiz minha tatoo eu escrevi um texto que vou coloca-lo a seguir:

"No efêmero caminho da vida nos deparamos com diversas Bifurcações. São pontos em que o caminho é divido em dois, “Y”. Temos que escolher qual lado seguir. São desde Bifurcações simples como escolher em qual das duas festas ir sábado a noite, com qual roupa ir, se ir ou não ir; até bifurcações mais complexas como escolher que faculdade fazer, que profissão seguir, que tipo de atitude tomar etc. Todas essas Bifurcações nos permitem amadurecer e crescer com elas.
Nessas encruzilhadas, escolher o caminho da direita significa abdicar o da esquerda! Escolher morar fora significa escolher não morar aqui.
Acredito que eu sou o resultado de todas as decisões que eu tomei frente as Bifurcações que me apareceram. Foram escolhas e mais escolhas que eu tomei e me fizeram tornar o que sou hoje. Mas mudarei rápido. Nem que seja um tantinho. A outra Bifurcação está logo ali e quando passar por ela, mudarei em alguma coisa.
É imprescindível a idéia que a vida é uma lição. Tolice nossa querer passar por ela sem aprender nada, sem aprender nada com as Bifurcações.
Outro fato que o “Y” das bifurcações me fez pensar é a confluência que nele está representado, visto ao contrário.
São pessoas que estão vindo em caminhos distintos e a partir do momento que se conhecem traçam a mesma linha. A este episodio damos o nome de Amor. Não sei bem até que ponto essa “linha em comum” vai. Talvez vá até a próxima Bifurcação que separa os dois novamente.
O meu grande palpite sobre a vida é que ela é uma lição e uma piada. Temos, assim, que aprender e rir com ela!"

É isso... Nesse final de setembro me deparei com varios Ys e iniciei outubro na mesma situação. Só queria registrar esse momento para depois ler.
Estou meio perdido. E fico pensando muito os outros para tomar decisões da minha vida. É um saco...
Chego a ficar estressadão (o Léo que diria)..

Um grande beijo a todos e leiam: www.sly32.blogspot.com

AMEM!

2 comentários:

Lineu disse...

E ae Joãozão. Queria compartilhar com você algumas frases. Elas fazem parte de uma composição do Zé Ramalho.

"Ando devagar porque já tive pressa
e levo esse sorriso, porque já chorei demais.
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
eu só levo a certeza de que muito pouco eu sei, eu nada sei.
Todo mundo ama um dia, todo mundo chora,
Um dia a gente chega, no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história, e cada ser em si carrega o dom de ser capaz, e ser feliz".

Boa sorte nas suas escolhas.

Abração - Lineu

Tom disse...

É este o João. O jogador, o poeta, o idealista, o ético, o filósofo, o humanista, o grande coraçãoooooo!...
E que privilégio ter um cara como esse como "marca registrada" em nossa vida...
Alguém, alguma vez, já comparou o Joãozão a um "Anjão", que se materializou mais uma vez aqui na Terra, pra fazer um montão de gente Feliz?...
Tooooom